A Palavra “Feminicídio” é usada para definir o homicídio de mulheres por conta do gênero, ou seja, quando a vítima é assassinada pelo fato de ser mulher, ligado diretamente à violência doméstica e familiar.

Segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) de 2021, a Bahia é o Estado com maior índice de feminicídio, com 463 mortes, seguido de São Paulo, com 342, totalizando o número de 7.691 vidas do gênero feminino perdidas no país.